sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Das poupanças e dos gastos

Apesar da crise estar instalada fui aplicando métodos de poupança ao longo do ano e actualmente conforta-me o coração e a conta bancária ter dinheirinho quase suficiente para em Janeiro pagar o imposto de circulação da minha viatura de 4 rodas (que ao que parece vai aumentar, apesar de já ser um valor de 3 dígitos), para em Fevereiro pagar o seguro do mesmo, e em Março pagar o seguro da viatura de 2 rodas. E assim não terei de utilizar o subsídio de natal que vi reduzido a metade.

Em 2012 começarei logo em Janeiro a poupar para fazer face às mesmas despesas de 2013. Assim evito sufocos como o dos meus amigos que têm seguros para pagar e contavam com os subsídios de férias e natal. Ou até situações como a de uns vizinhos, embora não tenha nada a ver com a vida deles, deixaram de pagar o condomínio (45€) e ontem foram cortar a televisão por cabo por falta de pagamento...mas enganaram-se e cortaram a minha, por isso sei que foi por falta de pagamento, no entanto, cada um anda com seu carrinho para cima e para baixo, fumam e não dispensam umas valentes idas ao café...

Há que estabelecer prioridades e os tempos que se aproximam não serão fáceis, mas temos de continuar a viver, com mais ou menos dinheiro disponível temos de continuar a pagar as nossas contas. E se tiver de abdicar da TV por cabo para continuar a ter as contas não abdicáveis (como o condomínio) em dia assim o farei.

2 comentários:

Sexy na Cidade disse...

concordo cntg, mas eu só gasto e gasto lol

Maria

Solita disse...

Eu tbm sou assim. No proximo ano vou começar a pagar o IMI pela primeira vez e já estou a juntar o dinheiro. Graças a deus que ainda tenho emprego. Bom fim de semana.