terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Da competição

Cheguei à triste conclusão que a minha sogra entrou em competição comigo...não sei se é de agora, mas agora é que me apercebi disso.

Está em competição para ver quem é mais fashion, quem tem o ultimo grito da decoração de casa, da moda, dos acessórios...Está em competição para ver quem é que é mais elegrante e mais magra.

E isso só significa que tem baixa auto-estima...só pode.

A ultima foi que mandou fazer uma sapateira que nada tem a ver com minha, porque é muito maior e de madeira importada. E por causa disso,  não podia oferecer ao filho um casaco que ele precisava para andar de mota. 

Nós também não estavamos à espera que ela oferecesse...iamos comprar de qualquer forma, sem estar à espera do aval dela...e dispensávamos a justificação.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Vodafone Promo4U

http://www.vodafone.pt/main/Particulares/Servicos/promo4u/?id=ODJ5ZYWY67LSZUQ

Atraves deste link podem ganhar experiencias de massagens, aulas de yoga ou pilates, visitas a museus, aulas de surf entre outras.

Eu já imprimi o meu voucher. Uma sessão de lipo aspiração não evasiva. Parace-me que vou gostar.

Acho é que a promoção está a terminar, embora os voucher possam ser utilizados até Julho.

Bom fim de semana.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Do regresso ao trabalho

Trabalho num open space com 5 gabinetes.Somos 9 naquela sala a que chamamos condomínio.Cada um tem o seu serviço e ninguém se mete no gabinete de ninguém.Há respeito,sigilo e brio.Mas também há muita ramboia e amizade.Após algumas mudanças de pessoas,por ordens superiores,o grupo que está agora no condomínio é magnífico!Eu já era acarinhada por todos por ser a mais nova.Há malta dos 30,dos 40 e dos 50 quase 60,e depois havia eu...com 24 anos.E sempre fui acarinhada,protegida.Quando contei da minha gravidez deliraram com a noticia.Quando souberam do desaire foram solidários e deram-me o ombro.E agora,que voltei ao trabalho tenho a certeza que estou junto de pessoas fantásticas! E a ramboia que refiro ajuda o dia a passar mais depressa.Quando se trabalha,trabalha-se a sério e quase dá para ouvir o barulho da caneta a escrever. Mas se há um momento de pausa num dos gabinetes passa a haver pausa em todos,e nem que sejam 5 minutos,há ali momentos de d escontração e verdadeiramente divertidos. E só me apercebi disso agora que estou de volta. Foi uma semana que não custou a passar.Fui acarinhada e pela primeira vez em 4 anos ali senti que tinha muito mais que colegas de trabalho.Tinha,e tenho companheiros,amigos!E é bom,muito bom!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Por outro lado...

E apesar de pela primeira vez na minha vida tomar antidepressivos e soniferos, quero reagir, quero olhar para a vida de forma alegre e positiva.

Eu via a depressão como "frescura". Achava que era algo que jamais me iria afectar, pois sempre me considerei uma pessoa positiva, de bem com a vida e forte o suficiente para aguentar os embates que levei na minha curta vida.

Estava redondamente enganada. É algo que não se controla. Por vezes é fisico. É doloroso demais. É algo que não se consegue dominar nem evitar.

Mas acredito que vai pasar (oh se vai). Nem que lute contra mim própria, nem que me vire do avesso, vou manter o sorriso e continuar a seguir em frente.

Choro à noite. Choro quando vejo alguma grávida. Choro no carro. Choro para mim. Ninguém tem de levar com a minha tristeza. Nem mesmo o meu marido. Fui tão egoista...nem lhe perguntei se ele estava a sofrer. Não quis saber se ele precisava de conforto. Fui eu e só eu, a minha dor e os meus sentimentos. Agora tento mostrar-me forte aos olhos dos outros. Acredito que isso me vai ajudar. Sofro para mim, sozinha. Quando tiver de chorar choro. Ninguém tem de sentir constrangido, ninguém tem de sentir pena.

1 mês

Faz 1 mês que tenho medo do escuro.Faz 1 mês que tive medo de voltar a
entrar em casa.Faz 1 mês que caí na realidade.Faz 1 mês que tenho medo
que a tristeza não passe.Faz 1 mês que tenho medo de dormir.Faz 1 mês
que tenho medo de fazer amor.Faz 1 mês que tenho medo...