quinta-feira, 19 de maio de 2011

E doeu...

Eu tinha até ontem um sinal na cintura que resultou de um pêlo encravado, embora a mim não me convença essa teoria. mas tudo bem, médico que é médico lá sabe.

Primeiro: Pêlos na cintura?!
Segundo: Pêlo encravado não deixa a pele negra e esponjosa.
Terceiro: Pêlo encravo inflama e causa dor.
Quarto: Pêlo encravado não causa verruga.

O meu sinal/pêlo/verruga não me doía, não sentia nem me incomodava, até que comecei a emagrecer. E aí, qualquer toque doía, a água do duche a passar por lá incomodava e qualquer coisa que por ali tocasse tinha medo que fizesse rebentar o dito, que mais parecia uma bolha de água.

E vai daí, o médico mais despistado (mas competente) que conheço resolveu retirar-me o sinal em ambulatório...e, mesmo na hora do tão afamado jogo de futebol, lá fui eu directinha à sala da pequena cirurgia.

Eu, que nunca levei pontos na vida...vi-me deitada num catre minúsculo, com o cirurgião a falar pelos cotovelos com a enfermeira...e derepente...uma dor invadiu-me o corpo que reagiu num salto único.

E pronto...aquela coisa insignificante iria ser retirada a sangue frio e eu já rezava a todos os santinhos...Mas não...

"Ai filha desculpa, a culpa foi toda minha, esqueci-me que ainda não te tinha dado anestesia...Desculpa!"

E lá senti a picadinha da anestesia. É como ir ao dentista...dor psicológica é lixada...e fui sentido quase tudo o que estava a acontecer.

Saí de lá  0,0000652 microgramas mais leve, com alguns pontos e um penso que tenho de refazer a cada 2 dias. E os pontos para tirar daqui a 13 dias...

E banho?!? "Ah, não podes...vai-te lavando à gatinho..."

I don't think so...

1 comentário:

Manuela disse...

Querida Vera, também tenho um sinal que tem aumentado de dimensão, mas não me doi, nem é esponjoso, nem me causa incómodo. Será que devo dizer ao médico?!