sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Mas está tudo doido?!?

Conheci uma rapariga da minha terra que veio estudar para a mesma terra que eu.

Ela, tal como eu desencantou cá um rapazinho...e aquilo era muito muito love.

Eis que chega o ano de conclusão do curso (que foi mais tempo que o previsto) e vai de fazer promessas de amor eterno ao dito cujo. Chega a hora de voltar a casa e conhece um outro moçoilo e em menos de 1 ano namora e casa com ele. O outro deixou de fazer parte da história de um dia para o outro.

Casaram uma semana depois de mim, na mesma terra. Aquilo foi o acontecimento do ano e não tardou a que houvessem comparações entre as nossas histórias, o nosso casamento, etc...

E ela (na boca cheia dos outros) sempre foi muito melhor que eu em tudo, ora porque tirou um curso melhor que o meu, ora porque o marido tinha um emprego melhor que o do meu, ora porque preferiu voltar para a terra dela, para junto da familia, ora porque sim ora porque não...

Enfim...ganhei-lhe um odiozinho de estimação porque estavam sempre a compará-la comigo...e a minimizarem a minha vida e as minhas escolhas em relação às dela.

O casamento, a casa e a vida deles teve pompa e circunstância, coisinha para deixar muita gente roidinha de inveja...e a quererem que eu também a tivesse.

Não, não tinha inveja nenhuma de nada daquilo porque não estava a ver ali verdade nenhuma...mas quem era eu...resumi-me à minha vida, longe da minha familia é certo, com um marido longe de ser perfeito, etc...

Meses despois de casarem, talvez 1 ano, separaram-se e recentemente saiu o divórcio deles...Não sei os motivos, nem tão pouco me intessa, mas a verdade é que eu sempre achei tudo muito superficial, muito perfeitinho demais para ser realidade. Pois que tenho pena dela, do sonho ter terminado tão rapidamente, mas o que poderei fazer...nada!!

E agora, as mesmas pessoas que a punham lá no altar...agora falam com desdem...e que viram logo que aquilo não dava em nada, que não têm pena nehuma porque ela é que foi cabra em trocar de namorado e casar com um qualquer que mal conhecia, que agora anda por aí feita adolescente a ter comportamentos menos próprios para alguém que já foi casada...que eu é que fiz bem, que eu é que sempre fiz as coisas com mais humildade, com mais juizo, etc e tal....

Enfim...histórias de vida que nos fazem aprender muito sobre de que matéria é feito o Ser Humano...

3 comentários:

Sara* disse...

As pessoas gostam muito de falar da vida dos outros, principalmente as desocupadas.....
Vive a tua vida e sê feliz, os outros que façam o mesmo.

Anónimo disse...

eu conheço uma caso parecido , de uma vizinha minha..mas eles tinham mesmo um casamento perfeito e uma vida linda..so ke um dia acabou e começaram outra vida perfeita...
pior disso tudo é mesmo a lingua dos invejosos

Panda disse...

Isso é tão típico, o que é deveras assustador, uma pessoa já considerar isso uma atitude normal do tuga.
Épor essa e por outros que o meu casamento vai ser festa luxuosa, mas só para pais, irmãos e meia dúzia de amigos. E não vai ser na minha terra nem sequer a parte da Igreja, que ninguém precisa de ir para a estrada ver quem passa e como passa.