quinta-feira, 5 de julho de 2012

Do que se sente...(para a Marianne)

Fiquei profundamente triste...a vida é tão injusta, não deveria ser permitido que alguém tivesse que passar por sofrimento semelhante.

São feridas que não saram. No corpo e na alma.

Obrigada pela tua força (que é inspiradora e admirável).

Abraço apertado (que conforta mais que mil e uma palavras)

2 comentários:

anf disse...

A vida por aqui não corre nada bem,
espero que melhore rápido,
pois estás a precisar de uma lufada de ar fresco,
bjo

guida disse...

Só posso dizer: força e coragem!
beijo