terça-feira, 1 de junho de 2010

Das férias

Ir de férias com amigos pode ser muito bom e pode ser muito mau...

Isto significa que para mim ir de férias com amigos é tentar alinhar sempre em tudo, fazer tudo/quase tudo em conjunto, tentar tornar a estadia o mais hormoniosa possível.

Já fui de férias com amigos e correu mesmo muito bem, sem stresses, sem confusões, conversamos sobre o que queriamos fazer, ou não fazer, alinhávamos todos e seguiamos todos na mesma direcção.

Já fui de férias com amigos em que aconteceu tudo isto...mas só ma minha cabeça...porque afinal estavam era a fingir que alinhavam, para não parecer mal...

E é triste pensar que foram umas férias desperdiçadas...pois poderiamos ter aproveitado muito mais...

E tudo tem um propósito...para mim quando se está de férias (principalmente no estrangeiro) é muito mais prático usar o cartão de crédito para facilitar contas e principalmente para evitar andar com muito dinheiro na carteira...mas isto sou eu que penso...

Depois já de regresso então acertamos contas se as houver para acertar...mas nunca me passaria pela cabeça reparar em pormenores do género..."mas naquele dia eu paguei os cafés e os gelados, e isso não está ai contemplado", " e ainda por cima paguei a portagem!".

Muito bem e eu paguei os cafés nos outos dias todos, e também comprei gelados, fora as bebidas no bar...mas nem por isso contemplei essas despesas nas contas, uma vez que paguei porque quis pagar, num gesto despretencioso.E punha modeas nos parques de estacionamento...enfim...

Claro que a refeições, alojamento e gasoleo fiz contas e certinhas...porque são aquelas despesas certas...agora por amor da santa...cafés e gelados?!?

E assim se estragaram umas amizades que eram recentes (eu sei)...mas que poderiam ter sido mais bonitas e duradouras!

E para evitar confusões destas...recusei ir de férias com um casal amigo...

Claro que me custou dizer a razão, mas assim fico com a consciencia tranquila e evito confusões de dinheiro.

Como tal...para ir de férias vou com o meu marido e quando muito com a minha irmã (que vai ser o caso desta vez)!

2 comentários:

♥Acessórios e Bijuteria - Handmade with Love♥ disse...

Apoiado! Também é preciso ser-se mesquinho para andar a contas essas coisas ao cêntimo! Credo!

Matilda disse...

É das coisas que mais me preocupa. Ás vezes penso se sou eu que já nao sei viver em sociedade a nao ser laboralmente, que ja nao sei ler os sinais ou se certas palavras como 'que te apetece fazer?' perderam o significado linguistico.