terça-feira, 27 de julho de 2010

Sobre as visitas no hospital!

Nunca tinha estado internada...mas tive sempre opinião formada sobre o facto dos doentes terem visitas...

Não estou a falar de internamentos de longa duração...falo de 1 ou 2 noites passadas no hospital, e aí, sou completamente contra visitas, a não ser, claro, pai, mãe, marido, irmãos...núcleo próximo...

Agora irrita-me profundamente quando a pessoa está internada e é obrigada a receber visitas de circunstância...

Quando alguém está no hospital à partida está doente, fragilizada, cansada...e quer é repouso...não ter de fazer sala às visitas, ainda por cima sendo apenas um ou 2 dias de internamento não se justifica ter de receber visitas 2 vezes por dia...

Eu sou contra...já o era antes de ficar internada e por isso mesmo não ia logo a correr para visitar a pessoa (fosse quem fosse) logo no dia que entrava para o hospital, nem vou logo a correr ver o bebé assim que nasce (ok fui ver a Maria, mas foi caso único, pela circunstância), e agora depois de ter experienciado o terrivel "horário das visitas" ainda mais sou contra.

Eu pedi ao meu marido para não deixar ninguém entrar mas claro que ele não o podia fazer...mas tenho uma ideia muito bem formada sobre o assunto, e mesmo no dia que voltar a ficar grávida e acontecer o milagre do nascimento...vou pedir ao médico para ter apenas visitas do meu marido, pais, sogros e irmã.

É um momento intimo...não tem de ir lá toda a gente...são os primeiros momentos...e normalmente a familia mais próxima fica sempre para último...e isso eu não quero.


4 comentários:

Manuela disse...

Vera, concordo inteiramente com a tua reflexão. Nada mais desagradável do que ter pessoas à nossa volta, quando queremos é paz.
Obrigada por teres passado pelo meu cantinho:)
Beijinhos

Dear Daisy disse...

Eu também concorddo contigo em absoluto.
E o pior é quem muita gente só vai para ver e depois poder contar.
Dahhh!!!

lanapt disse...

Olá linda , concordo contigo .. quando essas situações acontecem , não quermos ver ninguem , apenas as pessoas mais proximas .. beijinhos brilhantes e , acredita , que o milagre VAI acontecer !!

maria teresa disse...

Tem todo o direito à sua privacidade.
Quando os meus netos nasceram não participámos a ninguém, recebemos depois quem nos quis visitar, em casa, de uma forma mais íntima e controlável.
Abracinho